Veja e SBT cobram uma postura que não praticam

por Sylvio Micelli

E os assuntos do momento – o pretenso estupro do BBB e a fama fugaz de Luíza, que estava na Canadá, continua rendendo bons frutos. Tanto que até o caso da falsa grávida de quadrigêmeos de Taubaté praticamente passou batido. Virou um brindezinho pueril numa rede de fast-food qualquer.

Por sinal, BBB e Luíza, faz-me lembrar o enredo do maravilhoso filme “A Montanha dos Sete Abutres” (“Ace in the Hole“) que é uma aula magna de jornalismo, produzida e dirigida por Billy Wilder. O jornalista Charles Tatum, brilhantemente interpretado por Kirk Douglas, é um profissional decadente que vai parar no interior do Estados Unidos e anseia por um história que o traga de volta ao estrelato. Para isso não mede esforços e transforma o soterramento de um homem preso numa mina, num circo midiático de consequências trágicas. É um filme raro mas vale a pena procurar. Ele “ensina” a nós, jornalistas, que com uma “boa história”, ainda que inconsequente, dá para se vender muitos jornais durante alguns dias, até o próximo escândalo. Detalhe: é um filme de 1951, mas atualíssimo.

Pois bem. Não é que a Veja e o SBT resolveram dar liçõeszinhas de moral na sociedade que eles mesmos fizeram questão de tirar o bom senso?

Senão, vejamos.

O colega Carlos Nascimento, pelo qual tenho respeito, iniciou uma edição do “Jornal do SBT” na última semana ironizando todas as discussões sobre o BBB e a tal da Luíza que, em breve, possivelmente será estrela de algum comercial da província do Québec, no Canadá, muito solícita a estudantes de outras nacionalidades.

Nascimento iniciou dizendo: “ou os problemas brasileiros estão todos resolvidos ou nós nos tornamos perfeitos idiotas” rotulando os dois assuntos de “fúteis” e tascou no final da abertura do seu jornal um “nós já fomos mais inteligentes”.

A reprimenda até seria válida se o canal fosse outro. E aí instala-se um paradoxo. Com o que, exatamente, o SBT colaborou para a inteligência e para a não transformação da sociedade em “perfeitos idiotas” ao longo dessas três décadas, quando o canal surgiu lá em 1981 como TVS? Com “Chaves” e “Chapolin“? Com “O Povo na TV“, primeiro programa popularesco mundo-cão lá nos anos 80? Com novelas mexicanas e nacionais de qualidade duvidosa, no geral com atores de segundo escalão e/ou em fim de carreira? Com seu dono, Senor Abravanel, vulgo Sílvio Santos conversando com as milhares “colegas de trabalho” domingos a fio, ao longo de mais de 30 anos? Transmitindo programas de gosto duvidoso e repassando desenhos do tempo em que eu era criança? Estas foram, enfim, as contribuições do SBT para engradecer a sociedade que agora vem chamar a atenção?

A Veja por sua vez, com sua peculiar arrogância, optou pelo produto nacional em sua capa desta semana: as nádegas e indagou sobre os limites e o bom senso que ela pouco (quase nada) usou. Qual é o limite da Veja? A do gordo cheque de algum grupo político mal intencionado? Que bons escrúpulos tem a revista que opta por matérias tolas de saúde, enquanto os fóruns sociais mundiais acontecem em todo janeiro? O que a revista que se auto-intitula “indispensável” e que manipula informações, semana após semana, faz e fez em real benefício para a sociedade que agora, também vem chamar a atenção?

Chego à conclusão de que a vergonha na cara já se foi há muito tempo. A chamada grande mídia sempre manipulou, logrou, enganou, usurpou e devastou os conceitos mais simples de ética e moral e agora, que as assinaturas e o Ibope caem, jogam nas costas desta mesma sociedade todos os anos de serviço sujo que a ela prestaram.

É tudo lamentável. Ainda bem que a Internet está aí para equilibrar o jogo hegemônico que Veja, SBT e tantos outros praticam há anos.

Luiza, enfim, já voltou do Canadá e nós já fomos mais (e por demais) manipulados.

You may also like...

Deixe uma resposta

2 visitantes online agora
0 visitantes, 2 bots, 0 membros
Máx. de visitantes hoje: 10 às 02:03 am BRT
Este mês: 28 às 06-04-2017 07:36 pm BRT
Este ano: 31 às 03-30-2017 10:25 am BRT
No total: 111 às 03-18-2011 02:35 am BRT